sexta-feira, 30 de novembro de 2012

DEIXA EU TE DAR UM ABRAÇO?



Deixa eu te dar um abraço?
Não amasso.
Um abraço!
Daqueles que a alma sente
e o coração se aquece
e transborda de amor...
Daquele que ninguém esquece,
esteja onde for.

Valquiria Cordeiro




 

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

RENASÇO...



 
Na corrente do rio entreguei-me…
Deixei-me enrolar na água gelada…
Travei todas as lutas…
Todas as emoções emparelhadas e soltas.
Renasço em todos os momentos que me entrego…
E construo novamente o meu coração…

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

TECLADO...






Aqui neste teclado escrevo o que o meu coração diz baixinho em cada batimento , não importa a cor das palavras ou o seu formato …aqui neste teclado cabe todas as minhas emoções , todos os meus sentidos do meu viver e do meu amor

terça-feira, 27 de novembro de 2012

SAPATOS...

S




Nos saltos dos meus sapatos…
Trago o teu nome ,,,
Os meus sapatos fazem toc -toc…
Palmilhando os meus pensamentos

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

DESPEDIDA...

 





"A razão por que a despedida nos dói tanto é que nossas almas estão ligadas. Talvez sempre tenham sido e sempre serão. Talvez nós tenhamos vivido mil vidas antes desta e em cada uma delas nós nos encontramos. E talvez a cada vez tenhamos sido forçados a nos separar pelos mesmos motivos. Isso significa que este adeus é ao mesmo tempo um adeus pelos últimos dez mil anos e um prelúdio do que virá."

- "O Caderno de Noah"-
Nicholas Sparks

domingo, 25 de novembro de 2012

AMOR DE PAPEL...






“O nosso amor é de papel (...) e no papel há- de ficar, para sempre escrito nas minhas palavras. E se um dia se transformar em qualquer outra coisa, será sempre numa outra forma de amor, porque o papel vem das árvores, mas o amor vem do amor e nunca morre, mesmo depois de cortado, prensado e transformado, porque amor é como plantar uma semente e tu já plantaste a tua no meu coração.”
(Margarida Rebelo Pinto)